30 razões para sermos balzaquianos convictos, mas não invictos. (Afinal, o sexo oposto ainda serve para alguma coisa).

Para todos aqueles que perguntaram, perguntam e perguntarão – ironicamente, ou não: Por que uma moça tão bonita e inteligente como você está sozinha?

A melhor resposta foi, é e sempre será – ironicamente, ou não: Exatamente!

Muito irônica para uns, muito lacônica e superficial para outros.

Vamos então um pouco mais fundo?

Fotógrafo/Photographer: Stefano Paterna (direitos reservados/copyrighted)

www.stefanopaterna.com

Os textos a seguir foram retirados, na sua versão em Português, por causa de uma exigência contratual com a editora do livro “30 razões para sermos balzaquianos e outras histórias” que acaba de ser lançado. Agradeço a colaboração e a atenção de todos os meus leitores.

2 pensamentos sobre “30 razões para sermos balzaquianos convictos, mas não invictos. (Afinal, o sexo oposto ainda serve para alguma coisa).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s