Razão número 28 – Do “meu bem” para os “meus bens”.

Junto com a separação vem a partilha. (…) Duas casa diferentes, o dobro da despesa com metade da renda. O patrimônio dividido: metade para os advogados, metade para os divorciados.

Anúncios

Um pensamento sobre “Razão número 28 – Do “meu bem” para os “meus bens”.

  1. Pingback: Razão número 28 – Do “meu bem” para os “meus bens”. | balzaquianos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s